domingo, 30 de maio de 2010

.

Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante vai ser diferente.

Carlos Drummond de Andrade


Este é um trecho do livro Pedagogia do Amor de Gabriel Chalita. O escritor reune em seu livro, uma série de frases e histórias de grandes pensadores que nos fazem refletir sobre o poder do amor e da inocência da infância. Recomendo!!

4 comentários:

Hamilton H. Kubo disse...

Realmente acobertado pela verdade é o pensamento de Carlos Drummond de Andrade.

Magnifico!
Beijos!

Gessy disse...

Nossa. Adorei.
O livro parece bom. *-*

Beijos.

Maria Luisa disse...

Adorei a frase :)

Bom, desculpe vir aqui, mas venho te convidar para participar do Projeto Sílaba Tônica. Contamos com a sua participação.
http://asilabatonica.blogspot.com/

Raquel disse...

linda postagem elaine!!!!!!!!!!

bjaooo