segunda-feira, 7 de junho de 2010

Resistência e Renovação


Estamos diante de uma crise dentro da universidade pública. O mesmo governo que para a crise econômica gastou quase 300 bilhões de reais para salvar bancos, corta anualmente milhões de reais com os gastos públicos, e a universidade reflete o grande descaso promovido por nossos governantes. O número de professores é reduzido, a estrutura não dá conta e a assistência estudantil está aquém de ser o que o movimento estudantil luta!
E este mesmo governo continua sem nenhum escrúpulo exigindo as metas do REUNI, que tem gerado na Universidade salas lotadas, sem professor ou estrutura adequada, aprofundando ainda mais o sucateamento da educação superior, contando ainda, com o apoio da UNE (União Nacional dos Estudantes).
Em nosso curso (Serviço Social) não é diferente, com salas superlotadas, falta de professores entre outros. Na UFF (Universidade Federal Fluminense) como um todo ainda sofremos com a máfia das xéroxs que cobram um alto valor. Precisamos pressionar o DCE (Diretório Central dos Estudantes) para encampe a luta pela redução do valor das xerox e ampliação dos acervos das bibliotecas. Além, é claro, de exigir do governo federal mais verbas públicas para a educação (logo, sem cursos pagos e fundações privadas em nossa universidade) e contra o corte do governo federal de 1,2 bi da educação!

Os estudantes precisam lutar contra este projeto!
Por uma expansão de qualidade! NÃO ao REUNI!
Universidade 100% gratuita pois a UNE não fala em nosso nome!

Texto retirado do panfleto Construindo a ANEL, chapa 2/eleições 2010.

6 comentários:

Hamilton H. Kubo disse...

A verdade cega aos governantes, que tão somente enxergam em cifrão.
Pouco importa a eles, visto que seus filhos não dependem da ignorância deles.

VERGONHOSO PARA O BRASIL

Augusto Dias disse...

Dificultar o acesso a educação nesse país, parece ser regra política, tudo pra quem quer saber é mais difícil,
alguns acham que tem que gastar com saúde outros com segurança, etc...
Educação é a chave de tudo e um país de pessoas que sabem; da trabalho, fica sem massa de manobra, logo... "vamos dificultar a educação"
Um abraço Nana!!!

Hugo disse...

Dentro de minha visão o simples motivo do governo evitar ao máximo o aumento de aprendizagem dos brasileiros, é pura e simplesmente para deixar seu povo cada vez mais burro para cada vez mais questionado menos de suas lambança feitas no congresso.

Lys Fernanda disse...

Ah, espero que as coisas melhorem na Universidade, a verdade é que somos mal administrados e somos nós mesmo que elegemos governantes assim (y.

Um bom dia querida.

Laura disse...

Passo por aqui para te deixar um abraço e dizer que você é linda como pessoas e nas tuas palavras!
:)

Mariáh C. disse...

posso te confessar algo? assim que 'pisei' no seu blog e li seu perfil, pensei: achei a blogueira que estava procurando. brincadeira, eu não estava 'a procura' de ninguém, mas finalmente uma cristã pra não ficar falando de definições do que é o amor pois já tem o verdadeiro Amor dentro de si. finalmente posts que falam coisas reais e verdadeiras. concordo com o Augusto Dias, a educação é a chave, o governo fica caçando desculpas para suas campanhas; mas onde está a educação nesse meio? beijo querida, fique com Deus ;*