terça-feira, 13 de abril de 2010

Vergonha que me entristece


Após o período de férias, eu finalmente voltei para o estágio na policlínica. Acordei bem cedo, peguei o ônibus e segui para lá... Mas ao chegar ao posto tive uma infeliz surpresa... Devido ao período de vacinação contra a “gripe suína”, a minha supervisora (assistente social Sandra) havia perdido a sala de trabalho sendo remanejada, junto com alguns outros profissionais para o atendimento meramente burocrático da população que adentrava o posto municipal. Senti-me completamente deslocada diante de tal situação...
Os usuários que procuravam por ela, eram atendidos nos corredores, o que fere o código de ética do Serviço Social... Isso é uma vergonha! Diante disso, senti-me inútil não podendo interagir e trocar as experiências necessárias com o usuário, os projetos e o planejamento familiar tão necessários à população também foram cancelados até julho... Esta situação tem me trazido muita tristeza e desconforto, por isso, hoje eu decidi abandonar este estágio que tanto me fez feliz, mas que atualmente não me traz satisfação... Este é mais um caso do desleixo do Estado para com o cidadão... O que devemos fazer a respeito? O que eu devo fazer?
Entristeço-me em ver profissionais, estagiários e usuários sendo tão mal tratados... Fico muito chateada em ter que atrasar a matéria de Estágio 2... Mas o meu tempo não é o tempo de Deus...

4 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Por ser o seu tempo o tempo de DEus, é que deve fazer o que decidiu.
Quanto ao governo..., esse tem regras próprias.

Abrçs.

Hamilton H. Kubo disse...

Querida Nana, realmente é muito triste a realidade em que vivemos.
Tudo parece ser feito como o "Dou um jeitinho aqui" e depois "Se der problema dou outro jeitinho ali" e assim neste "passa anel" apenas postergam problemas.
Acredito que quanto a pergunta sobre o que devo fazer, você ja o fez. Indignou-se com o problema expôs o mesmo a todos que queiram tomar ciência, e se abdicou de algo que necessitava.
A realidade nua e crua como vemos infelizmente não passam nos televisores de quem realmente precisaria tomar partido.

Beijos linda, obrigado por sempre estar presente e faço votos para que consiga algo muito em breve.

Lys Fernanda disse...

AAh que pena,que isso ocorreu, realmente é uma lastimas espero que as coisas voltem pro seu lugar de origem, beijos!

Raquel disse...

Querida, trabalhar na area de saúde no Brasil é muito complicado, mas tenha fé e perseverança que você encontrará o seu espaço, em que poderá trabalhar da maneira que você acredita que seja o certo !!

bjss